Einstein Limeira

1 2 3

Arraiá da Einstein 2018 tem quadrilha e diversão
18/07/2018

Com quadrilhas, comidas típicas e muita diversão, a Einstein Limeira promoveu, no dia 30  de junho, a edição de 2018 da Festa Junina do colégio. Um evento que já existe há 26 anos e reúne alunos desde a Educação Infantil até o Ensino Médio - integrando estudantes, famílias e professores num grande arraiá.
Segundo a diretora pedagógica da Einstein, Abigail Rovai Cardoso, o objetivo é - de fato - a integração, aliada à preservação da cultura brasileira. "É uma forma de toda a escola desfutar de um mesmo evento, divertindo a todos e mostrando nossas raízes. As crianças trabalhando mais o lúdico, os jovens a interação com os colegas e os professores numa força-tarefa para ajudar das vendas às coreografias", comenta.
Abigail cita que o lado solidário também é um ponto importante. "Para a entrada no evento era pedido um litro de leite, que foi doado às instituições de caridade do município (Paroquia Santa Efigênia, Casa de  Apoio Betânia, Asilo João Kuhl Filho, Igreja Nossa Senhora Do Rosário, Igreja Santa Rita, Igreja Santo Expedito, Igreja N.S. Aparecida, Lar “Uma Nova Esperança”, Igreja Santa Luzia e Lar Dos Vicentinos). Isso com a ajuda dos estudantes também, que organizaram e recolheram os donativos, sendo um total de 849 litros, entregues pelas famílias participantes".
 
O LÚDICO
Para as crianças que chegavam ao arraiá da Einstein, o sorriso no rosto fazia parte do traje típico. Matheus, de 5 anos, que é estudante da Educação Infantil, chegou com camisa xadrez e gravata. "Meu filho está muito feliz e, portanto, eu também. Ele fica animado e até ansioso para dançar. Toda escola tem que promover eventos assim, pois ajuda muito a trabalhar com a criatividade e lado lúdico dele", explica o pai do garoto, André Forti.
Cristina Lima, mãe do Lucas, de 5 anos, também da Educação Infantil, acredita que a festa ajuda no desenvolvimento da criança. "Ele se anima e interage, além de aprender a melhorar vários aspectos. O Ensino da Einstein é acima da média".
 
QUADRILHA E VENDAS
Além das crianças, os estudantes do Ensino Médio também se divertiram com a Quadrilha Maluca. Tinha gente vestida de noiva, noivo, padre e - lógico - caipiras. "Eu adorei me caracterizar e acho legal ver meus amigos vestidos assim também. É uma tradição aqui no colégio", diz Manoela Felício Albertin, de 16 anos.
Mas, os alunos dos últimos anos do Ensino Fundamental e Médio têm atribuições maiores que apenas participarem das danças. Quem está no 9º ano do Fundamental é responsável pela Barraca da Pescaria e os do 3º ano do Ensino Médio vendem doces com o objetivo de arrecadar fundos para as formaturas.
Lorena dos Santos, do 9º ano do Ensino Fundamental, que tem 14 anos, caracteriza a experiência de cuidar da Barraca da Pescaria como indescritível. "É muito legal todo o processo, desde a montagem até a interação com as pessoas que participam na festa. É tudo feito em equipe e ainda por cima nos ajuda com a festa de formatura agora em dezembro".
Para os jovens que estavam vendendo doces, o sentimento é parecido. Nicole Florio, 17 anos, que está no 3º ano do Ensino Médio, diz que também gostou da interação com os colegas durante esse processo e está animada com a verba que receberam para se formar.  "É legal porque até os nossos pais  também cooperaram com o que precisava ser feito no fogão. Cada um fez uma coisa, tudo muito certinho. Estou feliz", conta.
 

Mais fotos
  <  VOLTAR


Rua Raul Machado, 134
Vila Queiroz - Limeira SP
contato@einsteinlimeira.com.br
Tel.: (19) 3404.9594