Einstein Limeira

1 2 3 4

Simpósio de Biomedicina fala sobre importância da vacinação
31/10/2018

Diversão, informação e trabalhos premiados descrevem o VII Simpósio de Biomedicina da Einstein. O evento - que ocorreu entre os dias 16 e 18 de outubro, reuniu alunos do oitavo semestres do curso, oferecendo uma gama de palestras, minicursos, exposições de trabalhos e sorteios.
O tema deste ano foi "Os Desafios da Ciência no Desenvolvimento de Vacinas". De acordo com a coordenadora do curso de Biomedicina na Einstein, Kelly Cristina Malavazi, a escolha foi estratégica para abordar um assunto muito importante e que causa cada vez mais preocupação nesta área, que é a prática de não-vacinação. "Há um número expressivo de pessoas que não procura vacinar seus filhos, por isso, doenças que antes eram erradicadas começaram a voltar", diz.
Um exemplo é o Sarampo. Apesar do Brasil ser considerado território livre desta doença e de pólio pela Organização Pan-Americana de Saúde (Opas), o País enfrenta surtos em Roraima e no Amazonas. "As campanhas em Limeira são feitas para evitar que uma doença como esta volte. Por isso é sempre importante manter a carteira de vacinação atualizada e nunca deixar de se imunizar", explica a coordenadora da Divisão da Vigilância Epidemiológica de Limeira, Amélia Maria P. dos Santos, a primeira palestrante do evento.
Além de Amélia, quem também chamou a atenção dos estudantes pelo dom das palavras e o tema relevante foi o Dr. Marcio Chaim Bajgelman, que falou sobre o desenvolvimento da vacina para câncer de pele. Além disso, os minicursos sobre "Primeiros Socorros", "Hepatites Virais: Sorologia e Vacinas", entre outros, também deixaram os alunos bem satisfeitos.
 
EXPERIÊNCIAS
Bianca Vital, do 6º semestre de Biomedicina, gostou de tudo, principalmente do tema de imunização contra câncer de pele. "Eu me agradei com simpósio todo, mas o assunto que mais me deixou surpreendida foi esse. Acho que aprendi muito mais que poderia imaginar neste evento", fala.
Ela também apresentou um trabalho sobre genética forense, em forma de banner. "É meu estudo para o TCC também, estou falando da utilização da genética no auxílio da perícia criminal, por exemplo. É algo que me identifico muito".
Outra que também gostou do simpósio é Natália Barbosa, do 6º semestre. Ela apesentou um trabalho sobre a "Caracterização e Tratamento da Atrofia Muscular Espinhal Tipo 1 em Crianças" e fala que se sente feliz em poder abordar o tema para os colegas e professores avaliadores. "É muito importante, porque o medicamento disponibilizado pela ANVISA para este tratamento é muito caro. Trata-se de uma luta, porque as pessoas não conhecem, querem ajudar e não conseguem por causa de falta de informações".
 
OUTRAS PERSPECTIVAS
Adda Cristina de Morais, do 2º semestre, ainda está no começo do curso, mas também já estava expondo uma pesquisa. Ela estava muito animada com as palestras e minicursos, mas também muito feliz em falar de seu trabalho sobre Bioimpressão. "Estou abordando algo que consiste na impressão de tecidos e órgãos a partir de uma impressora 3D para diminuir a fila de transplantes de órgãos, bebês que nascem com uma doença congênita... Ainda não foi aprovado, é estudado há 30 anos e ainda precisa de muita pesquisa", diz.
Ela sonha em trabalhar na área forense e elogia muito a qualidade do curso, laboratórios e corpo docente da Einstein para isso virar realidade. "Agora é estudar e estudar né. Mas, com simpósios como este, com especialistas falando sobre temas tão relevantes e nos mostrando como é lá fora, fica mais fácil se dedicar até alcançar a meta".
 
GANHADORES
Ao final do evento, foi feita a premiação dos melhores trabalhos expostos pelas turmas de Biomedicina. Quem levou o primeiro lugar foi Jeová Moura, orientado pela professora Maíra Demase, com o tema "NAD+ no envelhecimento, metabolismo e neurodegeneração".
O 2º lugar foi o trabalho "Alterações morfológicas no tecido hepático", por Michelen Schiavolin e Solange Oliveira. A medalha de bronze foi para Nathany Taveira, orientada pelo professor Thiago Mazette, premiada por "a associação entre epigenética e nutrigenética em doenças crônicas não-transmissíveis".
 

Mais fotos
  <  VOLTAR


Rua Raul Machado, 134
Vila Queiroz - Limeira SP
contato@einsteinlimeira.com.br
Tel.: (19) 3404.9594