Einstein Limeira

1 2 3 4

Iniciação Científica Einstein
02/03/2016

A Iniciação Científica ou simplesmente IC, é um programa destinado exclusivamente aos alunos de graduação com o objetivo de inicia-los a um novo conceito de aprendizagem através da pesquisa científica, sempre orientados por um professor orientador com reconhecida competência profissional. O contato com a pesquisa e com o método científico proporciona ao aluno uma nova forma de pensar, buscar informações e resolver problemas, além de estimular a reflexão e a criticidade, características indispensáveis em um mundo moderno e em constante transformação.

Atualmente as Faculdades Einstein mantem 13 projetos de pesquisa em andamento com um aluno de IC em cada projeto, sendo alguns com bolsa de estudo, através do Programa de Apoio a Pesquisa e Iniciação Científica Einstein (PAPIC-EINSTEIN).

Neste sentido, observamos abaixo uma pesquisa com o título Melatonina Exógena sobre Parâmetros Sanguíneos e de Performance em Exercício Exaustivo sob Intensidade de Máxima Capacidade Aeróbia em Cicloergômetro. O projeto é da aluna Franciele Carneiro da Silva do 7º de biomedicina sob orientação do professor responsável Dr. Wladimir Rafael Beck e professor auxiliar Prof. Ms. Leonardo Henrique Dalcheco Messias.

A Melatonina é uma indoleamina ubíqua que possui ação anti-inflamatória, antioxidante, inibe peroxidação lipídica, é relevante na proteção de dano tecidual e modula os substratos/estoques energéticos e atividade de componentes da cadeia de transporte de elétrons mitocondrial. Porém, apesar de grande potencial, não há na literatura comprovação de que a melatonina apresenta efeito ergogênico agudo em exercício sob intensidade individualmente determinada de máxima capacidade aeróbia em exercício cíclico exaustivo. Assim, o objetivo deste estudo é investigar o efeito da administração oral de melatonina sobre parâmetros sanguíneos e de desempenho após exercício exaustivo realizado sob máxima capacidade aeróbia no cicloergômetro.

Inicialmente, voluntários do sexo masculino entre 18 e 35 anos de idade realizarão um teste de esforço incremental para individualmente determinar à intensidade correspondente a máxima capacidade aeróbia. Após este procedimento os voluntários deverão retornar duas vezes ao laboratório para a realização de exercício exaustivo sob intensidade de máxima capacidade aeróbia, sendo uma das oportunidades administrado 6mg de melatonina e em outra ocasião será administrado placebo, em ambas às vezes 30 minutos antes do esforço físico. Este procedimento será randomizado e conduzido em duplo cego. Os dados deverão ser submetidos a análise de homogeneidade e normalidade para que a estatística adequada possa ser adotada sobre um nível de significância de 5%. Testaremos a hipótese de que a melatonina administrada agudamente em organismos submetidos a condições adversas, como aquelas geradas pelo exercício proposto, promoverá alterações bioquímicas capazes de estimular a ergogenia, resultando em performances otimizadas. Identificar de fato se a melatonina possui papel ergogênico e buscar compreender os possíveis mecanismos envolvidos com a melatonina no exercício físico é campo recente, ativo e de grande interesse científico/esportivo e este projeto contribuirá significativamente para o aprofundamento dos conhecimentos sistemáticos sobre este tema, que carece de estabelecimento científico.

Mais fotos
  <  VOLTAR


Rua Raul Machado, 134
Vila Queiroz - Limeira SP
contato@einsteinlimeira.com.br
Tel.: (19) 3404.9594